Redes Sociais

Assunto do Momento

Após decisão judicial, Izabella Camargo volta à Globo para ser recontratada, mas é recebida na calçada

Apresentadora foi dispensada em dezembro, após voltar de licença médica pela síndrome de burnout.

Redação

Publicado

em

Após decisão judicial, Izabella Camargo volta à Globo para ser recontratada, mas é recebida na calçada 18
Reprodução | TV Globo

A jornalista Izabella Camargo, demitida da TV Globo ano passado, tentou voltar ao trabalho nesta última quarta-feira (10), em São Paulo, após decisão do Tribunal Regional do Trabalho, mas foi impedida.

Ela relatou o ocorrido à revista Veja.

Eles me receberam na calçada, a conversa foi feita de pé, na rua. Fiquei impactada, por estar lá fora muitas pessoas me viram e perceberam o que estava acontecendo. Não passei pela catraca”, disse.

A jornalista ganhou na Justiça o direito de ser recontratar à equipe do canal. Ela foi demitida após voltar de uma licença médica para a recuperação da Síndrome de Burnout.

O que posso dizer é que a decisão pode beneficiar todos que sofrem suas dores invisíveis e foram prejudicados por desenvolverem problemas físicos ou mentais nos ambientes profissionais. Como jornalista fico feliz. Como poderia ser diferente? Não buscar a verdade? Não buscar a lei? Fazemos isso com todas as pautas que nos dão para pesquisar e trabalhar! Estou exercendo a profissão que escolhemos! Entendo que nossa missão é essa: falar a verdade. Não fiz nada de errado. Fiz o melhor que pude sempre”, completou.

Izabella Camargo era apresentadora da previsão do tempo no Hora 1 e Bom Dia Brasil.

Procurada, a TV Globo não se pronunciou sobre o caso.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público »APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites