Redes Sociais

Artigo

Vão para a rua? De novo?

Francisco Teodorico

Publicado

em

Vão para a rua? De novo? 20

A história se repete. Recomeça o ciclo vicioso:

  • Vão para a rua (vide Vão para a rua?)
  • Protestam
  • Os envolvidos fingem preocupação
  • O povo se acalma
  • Começa o acúmulo de abusos, e no mês seguinte…
  • Vão para a rua
  • Protestam

Ninguém percebe que é preciso parar de enxugar gelo? Que é preciso escolher pauta definitiva, revezar, e só sair das ruas quando 100% da reivindicações essenciais forem atendidas como fizeram os peruanos?

Se não fizermos isso só conseguiremos pavimentar o caminho para novas carreiras políticas e não adianta dizer que precisamos de sangue novo porque temos um exemplo muito claro de que é mais uma grande falácia, apenas um argumento retórico, uma frase de efeito.

Vão para a rua? De novo? 21

Será que ninguém percebe que não adianta fazer listinha negra de políticos para não reeleger, já escrevi sobre isso em meu artigo “Reeleger ou não reeleger, eis a questão“:

  • Daqui a algumas semanas, ninguém mais lembra dela, ou alguém se lembra de quem votou pelo Fundão em 2018 e pelo complemento dois meses depois? Alguém se lembra de quem votou contra o projeto do armamento de Bolsonaro? Quem votou pela aprovação do orçamento de Dilma?;
  • Se fizéssemos essas listas, será que sobraria alguém em quem votarmos?;
  • Há o coeficiente eleitoral, que dá uma chance enorme desses corruptos voltarem ao poder (só 5% dos deputados federais se elegeram com os próprios votos nas eleições de 2018). Seria necessário uma população 100% consciente para que esses criminosos não voltassem ao poder e ainda assim correríamos riscos;
  • Eles detêm o poder de tirarem a si próprios do poder.

Até quando vamos permitir que criminosos ocupem cargos de poder e dirijam o país? Até quando os leões permanecerão em suas jaulas? Até quando só nos restarão a indignação e a conta?

Cada vez mais ratifico minha opinião de que “A Revolução dos Bichos”, de George Orwell, deveria ser leitura obrigatória nas escolas. Eles já estão, há muito tempo andando sobre duas pernas.

Vão para a rua? De novo? 22

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Pai, casado, católico, matemático, analista de sistemas, pós-graduado em Gestão de TI (USP), enxadrista, karatedoka, especialista em Gestão do Tempo.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites