Redes Sociais

Artigo

Reconstruam a educação no Brasil, deu merda por aqui

“[…] É neste cenário caótico que vocês querem empurrar robótica? […] Primeiro reconstruam a nossa base”

Douglas Santos

Publicado

em

CEERT | Reprodução

Que a educação brasileira é uma vergonha, ninguém se espanta. Mas ultimamente o Brasil vem querendo colocar as mãos pelas pernas no quesito “modernidade”, diversas escolas e municípios estão tentando implantar o ensino de robótica para alunos dos ensinos médio e fundamental, mas como iremos aplicar robótica para pessoas que não entendem de mecânica ou elétrica?

É bem difícil encontrar palavras quando o assunto é Educação no Brasil. Infelizmente não temos governantes inteligentes, quase todos são burros, inclusive alguns da tal renovação em 2018. Será difícil entender, meu Deus, que as escolas brasileiras não precisam — ao menos neste momento — de mecânica ou elétrica, ou até mesmo robótica, elas precisam de PORTUGUÊS E MATEMÁTICA.

Semana passada conheci uma criança que cursa o 5º ano do ensino fundamental, e pasmem, não sabe LER. Que raios de sistema educacional é esse? Irei usar como exemplo a cidade Manaus, onde moro, que se orgulha de a cada 100 alunos, 91 serem aprovados, mas na prova do IDEB tem uma nota média de 5,23. Por qual motivo lógico, aprovam alunos que não têm capacidade de serem aprovados? É um crime de lesa-majestade, e se fosse nos séculos de ouros, seriam condenados à forca.

Continuando a análise da educação, usando como base Manaus, encontro que a Média da Proficiência em Língua Portuguesa é de 261,60 em uma nota que vai até 350. O nível que a cidade se encontra é, de acordo com uma tabela do site Qedu, onde os alunos não conseguem identificar opinião em poemas e crônicas, ou pior ainda, não conseguem reconhecer o efeito de humor em piadas e contos.

Poderia parar por aqui, mas em matemática fica pior. A nota Média da Proficiência em Matemática é de 252,02 em uma nota que vai até 375. Os alunos da cidade Manaus não conseguem determinar 25% de um número múltiplo de quatro ou associar 50% à sua representação na forma de fração.

O pior de tudo é que, de acordo com esse gráfico, Manaus tem uma média no IDEB maior que o Brasil como um todo.

É neste cenário caótico que vocês querem empurrar robótica? Pelo amor de Deus, primeiro cuidem da base, reconstruam a nossa base.

Ministro Ricardo Vélez, a educação brasileira está em um patamar de cirurgia. Seja o médico responsável pela restauração da saúde da nossa educação. O que o sistema público de educação no Brasil precisa, é de Português e Matemática, o resto deixa que a iniciativa privada assume!

CONTATO: [email protected] | Natural de Manaus, estudante de Ciências Econômicas e editor do Conexão Política.

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites