Redes Sociais

Artigo

Folha de São Paulo admite vitória da direita sobre a esquerda no Brasil

Anderson Feitosa

Publicado

em

Folha de São Paulo admite vitória da direita sobre a esquerda no Brasil 20

Foi publicada ontem, 04, uma pesquisa de opinião política realizada pelo Barômetro das Américas (Lapop), no jornal Folha de São Paulo. No título, discreto e retraído, nenhuma aparência chama muita atenção. No entanto, durante a matéria, o jornal, de viés certamente esquerdista, foi obrigado a admitir o fenômeno que já é totalmente palpável para todos os brasileiros: o crescimento da direita em detrimento da esquerda, correntes políticas diametralmente opostas.

Não surpreende, inclusive, a tentativa de esconder a derrota por meio de um título que desvia a atenção do leitor: “Confiança na democracia sobe, mas insatisfação com seu funcionamento é de 58%”, é o que diz a manchete.

É fato que a pesquisa também traz informações acerca da confiança no sistema democrático e nas instituições políticas do Brasil. Porém, nada é mais marcante, nos dados obtidos, do que o gráfico que traz informações comparativas, desde 2012, e que mostra, pela primeira vez em nosso País, um número assumidamente maior de pessoas adeptas à direita do que à esquerda na política nacional.

Nós, conservadores, acreditamos muito nesse crescimento. Sem dúvidas, o advento das redes sociais; a garantia da pluralidade e da liberdade de expressão, principalmente na internet; a quebra do monopólio da informação pela grande mídia, que dominou o Brasil por décadas – ou séculos-, o surgimento de políticos de direita com coragem para enfrentar o sistema já instalado e a elucidação de várias organizações criminosas envolvidas com a corrupção, reveladas em grande parte pela operação Lava Jato, foram fatores extremamente decisivos para uma mudança brusca no cenário político brasileiro.

Essa mudança foi mais claramente marcada do ano de 2013 para cá, quando os movimentos populares começaram a tomar vozes mais organizadas para fazer brotar um ativismo político jamais visto neste País, o que culminou em uma resposta anti-esquerdista nas eleições de 2018, tanto a nível federal, quanto estadual.

Contudo, não se pode aceitar que a população brasileira sempre foi mais tendente para a esquerda e, somente agora, começou a mudar de posição. Isso não seria possível, pois não se muda a cabeça de tantas pessoas dentro de uma mesma sociedade, acerca de um tema tão delicado, com apenas 6 anos de ativismo organizado.

Na verdade, o nosso povo sempre teve seu viés conservador, mais voltado à direita, mas sempre manteve preso na garganta o seu grito de guerra. É nisso que o Movimento Brasil Conservador acredita: temos um povo historicamente conservador, mas que agora veio se descobrir e se organizar como tal. A indignação do Brasil com as mazelas trazidas pela política são inegáveis, desde a Proclamação da República, em 1889.

Todavia, para o jornalismo medíocre que é exercido, ainda hoje, neste País, sempre foi um grande pecado assumir que a população tem tais características (conservadora, patriota, cristã e etc.). Os poderosos esquerdistas tomaram a mídia, as universidades, enfim, toda a produção intelectual e artística, criando uma narrativa dominante, mas falsa.

Não conseguem sequer assumir o crescimento explícito da direita sobre a esquerda, por meio de pesquisas científicas internacionais, como o caso aqui exposto, em uma manchete. Não. Mesmo que sejam obrigados a admitir, fazem isso da forma mais escondida possível. O nome disso? Cretinice, mediocridade!

Mas estamos aqui para expor a Folha. De nada adianta insistir com as velhas práticas de manipulação da informação. Hoje o povo está alertado. A pesquisa revela muito bem, com muita clareza, aquilo que a manchete não quis assumir: a direita, hoje, é maior que a esquerda. Segue o gráfico publicado pela matéria:

Folha de São Paulo admite vitória da direita sobre a esquerda no Brasil 21

Ademais, o MBC tem a ousadia de dizer: os esquerdistas que se preparem, pois quanto mais acesso à informação o povo tiver, quanto mais crescerem os movimentos conservadores, quanto mais organizado o ativismo se tornar, quanto mais desmentida for essa narrativa falsa propagada pela grande mídia, MAIS A DIREITA CRESCERÁ.

A tendência é uma só: a verdade sempre prevalecerá!

Fonte: Movimento Brasil Conservador.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Católico, conservador e patriota. Estudante de medicina e amante da Verdade. Membro do Movimento Brasil Conservador no Ceará. Deus Vult!

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites