Redes Sociais

Artigo

COLUNA | Estamos de olho no novo ministro da Educação

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Luis Fortes | MEC

Conforme vem noticiando o Conexão Política, o novo ministro da Educação é o professor Carlos Alberto Decotelli da Silva, oficial da reserva da Marinha.

Decotelli tem um belíssimo currículo.

Bacharel em Ciências Econômicas pela Universidade Estadual do Rio de Janeiro, ele fez mestrado na Fundação Getúlio Vargas, doutorado na Universidade de Rosário e pós-doutorado na Universidade de Wuppetral, na Alemanha.

Ele também já foi presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).

Muito bom, mas não basta

As formações e experiências de Decotelli são incríveis, sendo um nome totalmente técnico e digno de ocupar tal cargo.

Isso ninguém pode negar.

Porém, sabemos que não é suficiente.  Afinal, todos queriam a cabeça do Abraham Weintraub justamente pelas pautas defendidas por ele. Pautas essas que fazem parte da agenda que elegeu Bolsonaro.

À frente do MEC, Weintraub trabalhou incansavelmente contra a doutrinação marxista no ministério mais aparelhado pela esquerda.

Weintraub combateu o consumo de maconha nas universidades federais, com o objetivo de que realmente sejam formados profissionais.

Enquanto esteve na pasta, o ex-ministro fez o que deve ser feito em um governo conservador.

Portanto, fica a pergunta: o que o novo Ministro da Educação pensa sobre cotas, ideologia de gênero, marxismo, Escola Sem Partido, homeschooling, Paulo Freire e etc?

Nós, do Conexão Política, estamos de olho no novo ministro da Educação.

O legado de Weintraub não pode ser apagado.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

alan correa criação de sites