Redes Sociais

Artigo

E se o golden-shower fosse um oferecimento da CAIXA?

Imagens mostram rapaz dançando em cima de ponto de táxi com o dedo no ânus e recebendo urina de outro homem.

Guilherme L. Campos

Publicado

em

Reprodução | Twitter

Quando assisti ao tal vídeo que o presidente da república compartilhou, minha primeira reação foi sentir repulsa ao ato abjeto que as imagens mostravam, promovido em público e sem o menor pudor por gente da pior espécie, selvagens e doentes.

Foquei naturalmente minha reprovação aos autores daquelas cenas horríveis.

Outras pessoas, porém, assistindo ao mesmo vídeo, da mesma fonte, se aterrorizaram com o fato do presidente ter repassado adiante aquelas imagens.

Vendo quem eram os puritanos que condenaram Jair Bolsonaro pela denúncia, vi que boa parte integra aquele perfil de gente que defendia a “performance artística lacradora” da criança apalpando o peladão.

Logo, sim, estamos diante de esquerdistas convertidos ao puritanismo de última hora com o objetivo exclusivo de — atenção! — execrar quem denuncia e não os autores daquela imundície. Que previsível!

Fico pensando se o tal vídeo tivesse sido repassado em tom de promoção de uma “performance”.

A tchurminha certamente teria ficado quieta, se tivesse patrocínio da CAIXA, então, aplausos teriam sido registrados.

Contudo, o vídeo foi repassado em forma de denúncia, como deveria, afinal, já que o ato É SIM criminoso.

E diante disso, claro, a tchurminha mais isentona, menos radical, aquele tipinho nem lá nem cá, nem isso nem aquilo — a turminha do “veja bem” —comprou a narrativa da extrema-imprensa e formatou sua crítica de modo que acertasse primeiro o denunciante e por último, somente para manter a isenção, óbvio, falou alguma coisa sobre o ato denunciado.

Já a extrema-esquerda, desavergonhada que é, direcionou a artilharia (ou mijada) exclusivamente contra o denunciante, nada foi dito contra o empoderamento do rabo e da hidratação capilar à base de mijo em via pública. Nada.

Este é o mundo em que vivemos.

Por fim, aos que se dizem de direita e que caíram na armadilha mesmo assim, cabe o alerta de Robert Cialdini, autor de “As Armas da persuasão”, em que diz que “a natureza da má notícia contagia o mensageiro. Existe uma tendência humana natural a desgostar de uma pessoa que traz informações desagradáveis, ainda que ela não tenha causado a má notícia. A simples associação basta para estimular nossa aversão.”.

Não sejam idiotas úteis.

Jornalista, conservador, analista político e editor-chefe do 'Portal São Paulo 011'.

Publicidade
11 Comentários

11 Comments

  1. Avatar

    César

    07.05.2019 at 18:09

    Para a alegria dos justos e aumentar a ira dos impios (esquerda, fique claro), a Palavra de Deus (já irritei a esquerda falando em Deus) diz vários trechos, entre eles:
    II Pedro, 2:14 “Assim, sabe o Senhor livrar da tentação os piedosos, e reservar os injustos para o dia do juízo, para serem castigados; Mas principalmente aqueles que segundo a carne andam em concupiscências de imundícia, e desprezam as autoridades; ATREVIDOS, OBSTINADOS, NÃO RECEANDO BLASFEMAR DAS DIGNIDADES;
    Enquanto os anjos, sendo maiores em força e poder, não pronunciam contra eles juízo blasfemo diante do Senhor.
    Mas estes, como animais irracionais, que seguem a natureza, feitos para serem presos e mortos, BLASFEMANDO DO QUE NÃO ENTENDEM, perecerão na sua corrupção, Recebendo o galardão da injustiça; pois que tais homens têm prazer nos deleites quotidianos; nódoas são eles e máculas, deleitando-se em seus enganos, quando se banqueteiam convosco; Tendo os olhos cheios de adultério, e não cessando de pecar, engodando as almas inconstantes, tendo o coração exercitado na avareza, filhos de maldição;”

  2. Avatar

    Alberto de Araújo

    07.03.2019 at 19:05

    Me parece coisa dos filhos do presidente.Prejudicam o rendimento da equipe.União é imprescindível. Não há lugar para a vaidade.O presidente no vestiário deve levantar a moral do time, como também, puxar as orelhas dos jogadores que buscam holofotes. Isso serve também para a comissão técnica. Após o jogo evitar entrevistas. O treinador antecipadamente, deve escolher aquele que poderá falar sobre o time. A imprensa vive de sensacionalismo. Choca os ovos de frases e fatos com sentidos duvidosos.Acho que as notícias deveriam ter um descanso.

  3. Avatar

    KILDER CESAR DE ARAUJO RIBEIRO

    07.03.2019 at 18:45

    Perfeita a análise. Sou homossexual assumido desde cedo e fiquei envergonhado de mostrar o tal video a meus familiares. Imaginei aos que estão para contar a seus pais sobre sua orientação ou sexualidade, como sentiriam ao se imaginar comparados áquilo. Difícil! Nem por isso recrimino a divulgação. Elogio o presidente pela coragem, que faz-se necessário agir contra essa banalização de intimidades (chamamos assim ao menos) que a mim causa extrema repulsa, imagina aos heteros. Por isso votei nele e muito satisfeito estou. Parabéns presidente.

  4. Avatar

    CARMEN

    07.03.2019 at 13:35

    O povo elegeu Bolsonaro, por ele ser o Bolsonaro que esfrega na cara da esquerda toda a sua podridão. lula e a guerrilheira seguiam protocolos e trouxeram o Brasil a este caos que aí está. Chega de politicamente correto! Chega de varrer a sujeira para baixo do tapete! Bolsonaro Tem Razão! Somos Todos Bolsonaro!

  5. Avatar

    ivonete da motta siqueira

    07.03.2019 at 07:09

    Existem canais próprios para denúncias. Exigimos postura digna, de um presidente da república de uma grande nação chanada Brasil.
    Ele precisa aprender a seguir protocolos e ajudar o pais adquirir e não perder mais credibilidade.

    • Avatar

      KAYRO GONÇALVES

      07.03.2019 at 11:17

      Entenda uma coisa o nosso Presidente não é politicamente correto, ele deixou isso bem claro desde o inicio. Não venha cobrar que ele tenha a mesma postura que a esquerda e a mídia têm. E não seja burro esse tweet do Bonoro foi uma crítica a criminalização da lgbtfobia….

    • Avatar

      Vitoria Souza

      07.03.2019 at 11:52

      Discordo. Eu já denunciei este tipo de coisa para a Polícia e o MP e não fizeram nada. Tinha que expor nas redes sociais para encostar o MP na parede e ver se eles denunciam estes caras pelo crime de ato obsceno (art.233, CP). E o melhor, Bolsonaro mostrou no que a esquerda transformou a cultura do brasileiro nestes 16 anos de poder.

  6. Avatar

    Alessandro

    07.03.2019 at 00:55

    Se o mesmo vídeo tivesse sido exposto no twitter por algum ativista LGBT, e tratando a cena como uma espécie de protesto teatral em forma de “arte moderna”, os mesmos “puritanos” iriam amar, os jornalistas iriam ficar quietos, e se alguém ousasse disser alguma coisa negativa sobre o vídeo, seria acusado de “discurso de ódio” e apologia a violência contra homossexuais.

    Todo mundo sabe que a maioria dessa gente que foi contra a exposição do vídeo pelo Bolsonaro, e esse “puritanismo” repentino é uma grande FARSA, eles só estavam tentando mudar a narrativa do verdadeiro intuito da discussão, na qual o presidente Bolsonaro estava transmitindo na sua mensagem: QUAL É A PRIORIDADE DA SOCIEDADE, E COMO E PORQUE BLOCOS DE CARNAVAL CHEGARAM NESSE PONTO?

    isso ninguém da imprensa ou esses especialistas em comportamento sociológicos querem discutir, preferem atacar o presidente por expor a REALIDADE que vem piorando ano a ano, e que acontece periodicamente e muitas festinhas de finais de semana em baile funk, festas de final de ano, e etc.

    não precisa nem fazer força para achar esse tipo de noticia ou vídeos, grupos de whatsapp, youtube e canais menores estão cheios de denúncias desse nível acontecendo Brasil afora quase todas as semanas, e envolvendo muitas vezes menores de idade, a própria comunidade LGBT muitas vezes expõe esse tipo de coisa com orgulho, como se tivessem fazendo a coisa mais normal do mundo, envergonhando muitos gays e lésbicas que não compactua com esse tipo de cena desagradável

    mas é um tabu discutir isso em canais de TV aberta, rádios ou até mesmo pela internet, pois a censura é forte, e tudo vira “discurso de ódio”, o presidente Bolsonaro colocou o dedo na ferida de muita gente que se doeu, pq foi como colocar um espelho mostrando para eles, o que por muito tempo APOIARAM esse tipo de conduta, ou no mínimo foram OMISSOS vendo tudo isso acontecer, colaborando com a depravação de parte de nossa sociedade.

  7. Avatar

    LEANDRO GAMELEIRA DO REGO

    06.03.2019 at 22:07

    A questão não é a autora da cena. É oóbvioque tal postura é impróprio a quaisquer indivíduos. Mas também é impróprio que presidente de uma nação reproduza tal conteúdo na rede social que utiliza como meio de comunicação aos seus cidadãos, ou em qualquer outro meio, mesmo que seja para critica-lo. A crítica poderia ter sido feita por meio de telhado ou depoimento, sem a necessidade de exposição de material tão explícito. Foi mesmo uma mancada, pra não dizer algo pior, medonha!

    • Avatar

      KAYRO GONÇALVES

      07.03.2019 at 11:22

      O Bolsonaro não é politicamente correto, ele deixou isso bem claro desde o começo da campanha. Não venha me dizer que você quer que o Presidente tenha a mesma postura da esquerda e da mídia? Abre o olho. A maioria não entendeu o intuito do tweet e caiu na falácia da mídia. Esse tweet foi uma crítica a criminalização da lgbtfobia…

  8. Avatar

    “Existe uma tendência humana natural a desgostar de uma pessoa que traz informações desagradáveis, ainda que ela não tenha causado a má notícia. A simples associação basta para estimular nossa aversão”.

    Perfeito Guilherme. Mas tem outros já começando a querer acusa-lo de homofobia.

    Num comentário no Twitter disseram:

    O próximo que denunciar nossos 60.000 assassinatos anuais será acusado de genocídio…

    A esquerda no fim só tem 2 destinos apropriados: jaula ou manicômio.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Apoiar

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites