Redes Sociais

Coluna

A verdadeira face de Bolsonaro

Raul Holderf Nascimento

Publicado

em

Carolina Antunes | PR

Não é de hoje que nos deparamos com narrativas que tentam equiparar Bolsonaro ao Lula, como se fossem faces da mesma moeda e totalmente equivalentes em suas condutas pessoais. Nada poderia ser mais falso pelos seguintes motivos:

Bom… acontece que há décadas o Brasil era governado pela esquerda — ora mais light (PSDB), ora mais radical (PT) — sempre apoiados pelos partidos “prostitutas” (pagou, levou) do jogo político.

A “briga” entre PT e PSDB sempre foi falsa. Tanto é verdade que, na eleição presidencial de 2010, ano que Serra era o candidato tucano, Lula comemorou o fato de não haver candidato da “direita” no pleito.

PSDB e PT são tão “inimigos” que FHC foi depor a favor de Lula em um processo da Lava-Jato.

Logo, PT, PSDB e a afins só querem a mesma coisa: o poder.

Os demais partidos políticos só querem a mesma coisa: cargos e ministérios.

Jair Messias Bolsonaro surgiu neste cenário como a única alternativa de mudar o sistema, visto que o mesmo não esteve comprometido com ideais do PT, nem do PSDB, nem de Partido nenhum.

Quem lembra daquela eleição na Câmara dos deputados, no dia 2 de fevereiro de 2017? Bolsonaro conquistou apenas 4 votos dos parlamentares. Essa extrema dificuldade em reunir votos para que ele liderasse a Câmara mostrou claramente que ele não tem nada em comum com ninguém da velha política.

O então juiz Joaquim Barbosa e o próprio Fernandinho Beira Mar falaram que Bolsonaro não tinha rabo preso com político algum, sendo um dos poucos que se recusou a receber propina.

Jair Bolsonaro foi o único candidato realmente de direita na disputa de 2018.

Ele seguiu todo o período eleitoral com ideais de estado mínimo, livre mercado, leis duras contra a criminalidade, defesa da família, entre outras que são políticas aplicadas em países de primeiro mundo.

De modo claro, podemos dizer que Bolsonaro só contou com o apoio popular.

Antes, trataram ele como uma piada, assim como fizeram com Donald Trump nos EUA.

Agora, vendo que mesmo após eleito, Bolsonaro segue cumprindo tudo o que prometeu e arrastando apoiadores por onde passa, a mídia segue em desespero.

Por isso, PT, PSDB e outros partidos perderem aquilo que mais apreciam: o poder.

Com medo de perderem novamente em 2022, tentam desconstruir Bolsonaro como fizeram com o grande e saudoso Enéas.

Apoiar Bolsonaro é dar uma chance ao Brasil para ser grande novamente.

O cenário político brasileiro está se livrando de uma vez por todas do ideal retrógrado esquerdista.

Eis a verdadeira face de Bolsonaro.

É por isso que o sistema político, a mídia globalista e os poderosos odeiam tanto Jair Messias Bolsonaro.

Não adianta a imprensa mainstream querer derrubar um presidente sem crimes e democraticamente eleito.

Falsas narrativas não iludem quem herdou o caos político/social deixado por aqueles que saquearam o país e provocaram o maior escândalo de corrupção da história mundial.

Professor, cristão, colunista, e redator. Amo ciências políticas, sou conservador e nordestino com orgulho.

alan correa criação de sites