Redes Sociais

Análise

Mídia aparelhada bebe do próprio veneno e não gosta

A velha mídia se uniu para censurar o jornalismo independente.

Einsteinberg Monção

Publicado

em

Picasa

Os ataques à liberdade de expressão e a censura imposta ocorrem hoje com a ajuda da grande mídia.

A velha mídia brasileira perdeu totalmente a noção e cegou-se quando percebeu que havia perdido o monopólio da informação.

Ao fazer o uso de sua limitada influência para adjetivar pessoas que discordavam de suas posições com termos como “extremistas” e “milícia digital”, eles começaram a praticar uma censura velada.

Durante as eleições os veículos de mídia abraçaram um espantalho para garantir sua narrativa: as “FakeNews”.

Criaram campanhas, veículos de checagem e até mesmo uma parceria com rede social para decidir o que é ou não fake news. E, assim, posteriormente apagando as publicações.

Além disso, estabeleceram uma cruzada para censurar os maiores expoentes que ocupavam espaços e os criticavam ao ponto de criar uma “lista negra” que listavam nome de pessoas e sites como sendo obscuros e bolsonaristas.

Com isso, o precedente para ação do STF foi criada. Ali, os Ministros enxergaram um problema que deveria ser enfrentado e abriram o inquérito para apurar as FakeNews, ameaças e ataques à Corte.

Entretanto, a mídia aparelhada não tinha noção do monstro que eles mesmos tinham criado. Dessa forma, foram os primeiros a sofrerem quando uma matéria da Revista Crusoé foi censurada.

A partir daí, o discurso mudou.

Na manhã desta quarta (17), o Estadão em seu editorial disse:

Não há outras palavras para descrever a decisão de Alexandre de Moraes. Num Estado Democrático de Direito, a informação é livre. Não cabe à Justiça determinar o que é verdadeiro”

Agora, apoia sofrer um duro ataque, a velha mídia não quer que a justiça intervenha, assegurando que eles não possuem legitimidade para determinar o que é ou não verdadeiro.

Será que esse episódio servirá para se fazer uma autocrítica? 

Além disso, o Antagonista comemorou os números de engajamento das pessoas nas redes socais contra a censura.

Mas espera aí… quando é pra sua própria defesa é válido, mas quando é pra algo que eles não gostam os números se tornam ataques coordenados feitos por robôs?! 

Conclui-se, portanto, que toda essa confusão e ataques que estamos sofrendo, não tem outro pai e mãe a não ser a velha mídia que trabalha arduamente para incriminar as opiniões das pessoas comuns que ganharam voz com as redes sociais.

Nunca antes na história deste país o indivíduo teve tanta força sem precisar de terceiros para falar por ele.

Este é o motivo de tantos ataques diariamente.


O Conexão Política é um portal de notícias independente. Ajude-nos a continuarmos com um jornalismo livre, sem amarras e sem dinheiro público » APOIAR

Estudante, Cristão, apreciador da liberdade.

15 Comentários

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites
2r1cl5phksggddln