Redes Sociais

Análise

A verdade sobre o caso Adélio Bispo

Nas redes sociais, o assunto ‘Quem Mandou Matar Bolsonaro’ não sai do ranking mais comentado.

Redação

Publicado

em

A verdade sobre o caso Adélio Bispo 19
Reprodução

Adélio Bispo de Oliveira, o esfaqueador de Jair Bolsonaro, não toma remédios e se recusa a receber tratamento psiquiátrico na penitenciária federal de Campo Grande, segundo uma reportagem da revista Época de 20 de julho.

Ele se recusa a tomar qualquer remédio desde que deu entrada aqui, mas isso será feito mesmo contra a vontade do meu cliente, agora que temos o diagnóstico”, disse o advogado de Adélio, Zanone Manuel de Oliveira Júnior.

O esfaqueador de Bolsonaro, então candidato à Presidência, foi diagnosticado com transtorno delirante persistente.

EMISSORAS DE TV? 

No mês de junho, os advogados de Adélio Bispo estiveram em Juiz de Fora – MG para participar da audiência de instrução e julgamento do processo que apurava o caso.

Na saída do prédio da Justiça Federal, o advogado Zanone Manuel de Oliveira concedeu entrevista à jornalista Roberta Lopes Alves, que também coordena o movimento ‘Direita Minas’.

Durante a entrevista, Zanone declarou que emissoras de TV também ajudaram a financiar a defesa de Adélio.

Tirando aquele primeiro contato em que a pessoa me pagou, eu, Zanone, no interior do meu escritório, a partir daí todas as despesas foram pagas por algumas emissoras de televisão que eu não vou citar o nome para você e nem para o Brasil” disse.

Qual a real identidade de quem paga os advogados de Adélio?

OAB-MG RECORRE

Em janeiro, a ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Minas Gerais entrou com mandado de segurança junto Tribunal Regional Federal (TRF) da Primeira Região (TRF1) em Brasilia, para que o advogado Zanone Manuel de Oliveira não fosse obrigado a informar quem pagou seus honorários para que ele atuasse na defesa de Adélio Bispo de Oliveira.

LOUCO OU NÃO? 

Louco? Este mesmo Adélio segue lúcido em negar com veemência o recebimento de tratamento e de medicamentos.

EX-INTEGRANTE DO PSOL

O ex-integrante do PSOL foi apresentado como um homem desempregado, mas que tinha dinheiro suficiente para ter vários laptops, celulares, cartões de créditos internacionais.

COINCIDÊNCIA

O ‘louco’ viajava de avião, pagava hotéis em dinheiro e fazia curso de tiro no mesmo lugar que os filhos de Jair Bolsonaro frequentavam.

CONGRESSO NACIONAL 

O nome deste ‘louco’ estava registrado como visitante do Congresso Nacional no dia do crime. Ele realmente agiu sozinho? Quem fez o registro do nome de Adélio Bispo no Congresso no dia 6 de setembro de 2018?

E SE NÃO FOR DOPADO? 

Caso o ‘louco’ não seja rapidamente ‘dopado’, o que aconteceria com ele? Estaria Adélio em plena consciência ao ponto de revelar os possíveis comparsas e o eventual mandante do crime?

Nas redes sociais, o assunto ‘Quem Mandou Matar Bolsonaro’ não sai do ranking mais comentado. A população brasileira quer saber a verdade sobre o caso Adélio Bispo.

Apenas verdade. Nada além da verdade.

Ajude-nos a mantermos um jornalismo LIVRE, sem amarras e sem dinheiro público. APOIAR »

O Conexão Política é um portal de notícias independente — compromissado em transmitir os fatos. Analisamos e cobrimos os principais assuntos da política. Contribua: apoia.se/conexaopolitica

Parceiros

Publicidade

alan correa criação de sites