Redes Sociais

Ajude a evangelizar o mundo

“Um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!”

Este é o 21° texto da coluna diária do Conexão Política sobre reflexões cristãs.

Alex César

Publicado

em

Marcelo Camargo | Agência Brasil

“Um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!”. Essas foram as palavras de um pedinte, com idade aproximada de 60 anos, que se afastou do meu carro, enquanto eu aguardava o sinal (ou farol) verde para partir e seguir minha viagem. Confesso que, por estar pensando em tantas outras coisas naquele momento, acabei não dando atenção ao que aquele senhor pedia. Era uma cena corriqueira que acontece diariamente no trânsito do Rio de Janeiro.

Mesmo sem receber qualquer quantia financeira, quando ele passou ao lado da janela do banco carona, deu pra ouvir suas palavras: Um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!”!

Aquelas palavras me levaram a pensar em como alguém pode desejar um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!, sem ter recebido nada — NADA!  Segui meu caminho pensando naquelas palavras por alguns minutos, e me lembrei de uma cena bíblica muito incrível.

Ao se aproximar de Jericó, Jesus ficou muito impactado com as palavras ditas por um um cego, que estava sentado, pedindo esmolas. Ele viu ali uma grande oportunidade de ganhar sua visão de volta, mas sabia que para isso precisava chamar a atenção de quem podia lhe atender: Jesus. Então, pôs-se a gritar com muita força:

Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim! — (Lucas 18:38) 

Aquele homem cego conseguiu chamar a atenção de Cristo, e, logo em seguida, recebeu o milagre de ter sua visão de volta, mesmo porque Jesus nunca se despediu de alguém deixando-a com as ‘mãos vazias’. Assim, não foi difícil para aquele homem encontrar palavras que glorificassem a Jesus pela benção recebida: … e seguia Jesus glorificando a Deus.” (Lucas 18:43) 

Porém, se aquele cego não tivesse recebido a visão de volta, será que teria dito um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!”?. 

Talvez algumas pessoas improváveis tenham muito a nos ensinar sobre como expressar gratidão mesmo sem nada ter recebido. Foi sobre isso que aquele pedinte do sinal me fez refletir.

Podemos dizer: um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!” quando não lançamos expectativas sobre as pessoas, por algo ou alguma coisa. Nossas desistências se dão, na maioria das vezes, quando superestimamos o que as pessoas podem fazer em nosso favor. E quando isso não acontece, facilmente temos nossas expectativas frustradas.

Quando você estiver diante de uma situação de DAR algo a alguém, seja uma quantia ou “um ótimo dia! Tudo de bom! Muito obrigado!”, então, dê!

Em tudo o que fiz, mostrei-lhes que mediante trabalho árduo devemos ajudar os fracos, lembrando as palavras do próprio Senhor Jesus, que disse: ‘Há maior felicidade em dar do que em receber. — (Atos 20:35) 

Ajude a evangelizar o mundo!

Pastor e Consultor de Seguro Saúde