General condenado por crimes de guerra morre após ingerir veneno dentro de tribunal

Autor: Nenhum comentário Compartilhar:

O ex-alto responsável das forças bósnio-croatas durante a Guerra da Bósnia, general Slobodan Praljak, morreu nesta quarta-feira (29) após ter ingerido veneno

(Foto: International Criminal Tribunal for the former Yugoslavia / AFP)

segundos depois que juízes do Tribunal Penal Internacional recusaram seu recurso contra uma pena de 20 anos de prisão por crimes de guerra cometidos contra muçulmanos civis.

O militar afirmou que rejeitava a condenação de 20 anos e depois ingeriu o conteúdo de um frasco que tirou do bolso.

“Eu acabei de beber veneno. Eu não sou um criminoso de guerra, me oponho a essa condenação”, disse ele na sequência.

Seu advogado de defesa afirmou que se tratava de veneno, e imediatamente o juiz que comandava a sessão suspendeu a audiência e chamou socorro. Paramédicos entraram na sala e levaram Slobodan de ambulância para um hospital, mas ele não resistiu.

Post anterior

MBL Sergipe diz que MBL nacional está perseguindo membros conservadores

Próximo post

Se eleito em 2018, Bolsonaro poderá indicar um militar ao Ministerio da Educação

Você pode gostar também:

Deixe uma resposta