Militares passam a exercer fiscalização direta no Congresso

Autor: Nenhum comentário Compartilhar:
Imagem: Divulgação/Senado Federal

Nesta terça-feira (15), os Parlamentares foram surpreendidos com a presença maciça de Oficiais do Exército Brasileiro averiguando e supervisionando todas altercações no congresso nacional.

Diante da cúpula militar, que agora fiscaliza diretamente a atuação dos parlamentares, a senadora Vanessa Grazziotin (Partido Comunista) estava aparentemente assustada e incomodada com a situação.

PÁREO ELEITORAL

Neste eleições de 2018, militares estão unindo forças para lançar 72 candidatos.

O grupo pretende eleger deputados, senadores, governadores e principalmente um presidente da República.

O Partido Social Liberal (PSL) — legenda de Jair Messias Bolsonaro — é a cúpula que atrai o maior número de militares. Dos 72 que pretendem disputar o pleito neste ano, 60 deles são filiados a legenda.

A vigilância da ação parlamentar é mais um aspecto das Forças Armadas cooperarem nas decisões do país

ASSISTA AO VÍDEO!

Post anterior

Ex-Vereador Maninho do PT e seu filho se entregam após episódio em frente ao Instituto Lula

Próximo post

Tucano admite que o desempenho de Alckmin decepciona

Você pode gostar também:

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.