Dom Pedro II. Um líder que nos falta!

Autor: 3 Comentários Compartilhar:
Imagem: Pedro Américo/Museu Imperial do Brasil [Domínio público], via Wikimedia Commons

Admirado por ícones da história mundial como: Charles Darwin, Victor Hugo, Louis Pasteur e Friedrich Nietzsche. Dom Pedro II é o tipo de líder que nos falta!

Poucos sabem do seu legado, principalmente pela questão doutrinária ideológica que permeia nossos estudantes apadrinhados por Paulo Freire. Faça uma pergunta hoje para um aluno de ensino médio sobre quem foi Dom Pedro II e é possível que ele responda: “aquele que descobriu o Brasil.” Parece piada, mas em uma aula, falando sobre as dimensões territoriais do Brasil e o contexto histórico, já fiz esta pergunta e uma aluna respondeu desta maneira.

Dom Pedro II foi alcunhado “o Mangânimo” pela sua qualificação. Passou parte de sua infância se preparando para imperar, neste período desenvolveu a aptidão para falar 23 idiomas, 17 de maneira fluente.  

 

Dom Pedro II. O Magnânimo!
Fonte: https://emc.acidadeon.com/dbimagens/dom_pedro__02112017162847.jpg

 

Algo interessante a se ressaltar é: Qual a importância do Brasil no contexto global quando Dom Pedro II era o imperador? E qual a importância do Brasil hoje? Com lideranças tão frágeis em questões diplomáticas, como FHC, Lula, Dilma e Temer?

A Questão Christie nos traz algumas respostas. O Império do Brasil e o Império Britânico em conflitos diplomáticos até o pedido de desculpa da coroa inglesa e o reestabelecimento dos acordos de maneira diplomática em 1865.

A economia brasileira era a quinta maior do mundo. Tínhamos a segunda maior marinha, perdendo apenas para a marinha inglesa. De um império cheio de conflitos internos e revoltas, para um momento de estabilidade e harmonia entre os poderes.

Infelizmente o golpe de estado de 1889 derrubou o que foi o melhor momento nacional, econômico e administrativo do Brasil. Nem mesmo o governo do Presidente Médici, no apogeu do regime militar, recebeu tanta aprovação.

Hoje oramos pelo Brasil para que ele possa encontrar novos rumos, mas o fato é que apenas com uma liderança capaz de reestabelecer a moral do nosso país, como Dom Pedro II o fez, será possível trilhar novos caminhos.

Post anterior

Aliado de Lula na Guatemala é preso por corrupção

Próximo post

Paraíso da Tuiuti, que defendeu a CLT, empregou apenas 3 trabalhadores com CLT em 2017

Você pode gostar também:

3 Comentários

  1. Engraçado que matérias como estas não aparecem em grandes mídias nem documentários. Faria muito bem a nação saber que nem sempre fomos um fracasso!

  2. Antes, reafirmávamos nossa soberania. Peitávamos quem quer que seja, até mesmo o poderoso império britânico que se achava a Guardiã Moral do mundo. Nosso Imperador era chamado para mediar questões internacionais. Hoje, somos o anão diplomático, que leva desaforo até da Bolívia.

    O Brasil tem jeito, mas a maioria inda não quer a mudança que o país realmente precisa, a restauração do Império do Brasil.

Deixe uma resposta